Entre em contato labvozepoesia@gmail.com

  • morenapoeta
  • YouTube - Morena Lopes
  • Facebook - labvozepoesia
  • Instagram - @labvozepoesia
  • Blogger - Círculo Branco

Siga pelos canais:

 A Poesia da Palavra                                                 

O ACASO REGENTE

Foi nas dependências da Escola de Comunicação e Arte, em 2011, praticando os ensinamentos de todos os Mestres que me passaram seus conhecimentos das Artes Cênicas, da Expressão Vocal e do Caminho do Corpo, dentro e fora da USP, que nasceu o primeiro formato da Poesia da Palavra – Uma pesquisa poética e cênica que tem como CENTRO o encontro com a palavra poética e a poesia falada –  esta fala que se desdobra em canto, em música, dança e cena teatral.

 

Neste encontro proposto, o público também é protagonista. Ele quem decidirá a dramaturgia da noite. Ao acaso, um papel é retirado da caixa de palavras – uma nova cena acontece, uma nova emoção, um novo encantamento.

CAMINHADA 2012 a 2016

Com estreia no SESC Santana/SP em 2012, com apenas voz e percussão, o espetáculo "A Poesia da Palavra", como uma árvore em direção ao sol, continua crescendo, se expandindo e se transformando. Ora através dos músicos - que são sempre convidados especiais, ora pelas poesias e canções que também podem ser escolhidas para determinada intervenção.

 

Em 2015, desde que Morena voltou a residir em Florianópolis, a dança encontrou o seu espaço de conversa entre tantas palavras e tomou as rédeas dos sentimentos e da expressão dentro da performance. “Era o que faltava, pensei. Escolhi dois momentos para dançar, em uma hora de atuação. Já estava feliz, mas parece que a dança queria mais espaço.”

 

Com este formato: poesia, canto, música, dança e interação direta com o público, tivemos duas apresentações muito especiais no lindo Teatro Álvaro de Carvalho, em 2016, com casa cheia em ambas sessões, bem ao Centro da Cidade de Florianópolis. Acompanhada pelos músicos: o irmão, Christiano Lopes (violão e percussão) e o amigo Felipe Paupitz (piano).

A POESIA DA PALAVRA - CELEBRAR 2017/18

Em 2018, Morena convidou o duo Neno Miranda e Nícolas Malhomme para integrar o corpo musical do espetáculo. Participamos do “Festival Cultural de Verão da Nau Catarineta”, em Sto. Antônio de Lisboa, nos meses de Janeiro e Fevereiro.

 

Todo repertório da Poesia da Palavra prima pela cultura latina, africana e da nossa cultura popular brasileira. Há músicas e poesias autorais no projeto, mas o objetivo deste movimento da Poesia da Palavra é justamente celebrar nossas raízes e as vozes que venceram a história como Hilda Hilst, Cora Coralina, Adélia Prado, Manoel de Barros, Mário Quintana, dizer Elisa Lucinda, Fernando Pessoa. Cantar Gerônimo Santana, Cantiga de Roda, Samba de Roda, Ladainha de Capoeira. E claro, dançar. Nesta versão 2018 do projeto A Poesia da Palavra, a dança ganha ainda mais espaço junto à palavra e à canção. A dança brasileira, o samba, a dança de orixás, a capoeira angola, a dança tribal e a dança-teatro (butoh) permeiam os movimentos da atriz em todo o show de aproximadamente uma hora e meia de duração. Um convite à flor da pele. Uma noite de surpresas e sensibilidade.

Fotografia Márcio Henrique, TAC 7:30 Teatro Álvaro de Carvalho, Florianópolis, 2016

com o irmão e músico Christiano Lopes

A Poesia da Palavra na Mostra de Fomento ao Teatro de São Paulo na sede da Brava Companhia de Teatro, 2013

Com Neno Miranda e Nícolas Malhomme no Teatro Nau Catarineta, Sto. Antônio de Lisboa, Florianópolis, 2018.